Publicidade
Jundiaí - Segunda-Feira, 11 de Setembro de 2017 - Hora:11:23

Cerca de 183 Profissionais são Chamados Para Atuar no Sistema de Ensino de Jundiaí

 

Dentro do compromisso da atual gestão de reorganizar a estrutura educacional do Município, a Prefeitura de Jundiaí chamou, até o momento, 183 profissionais para reduzir o déficit nas escolas municipais. Desse total, 63 são profissionais aprovados em concursos públicos para os cargos de professores, agentes de desenvolvimento infantil (ADI), cozinheiros e diretores de escola, e 120 são professores de Educação Básica 1 e 2 contratados temporariamente. Na próxima segunda-feira (11), iniciam as atividades nove ADIs, dez professores de Educação Básica 1, um diretor de escola e um cozinheiro.

 

“Assumimos em uma condição bastante precária, com falhas na estrutura da Unidade de Educação e com falta de profissionais em diversas escolas, principalmente professores, gerando transtornos para a regularidade da rede de ensino no primeiro semestre. Contudo, apesar das dívidas herdadas da gestão anterior, fizemos um esforço grande para economizar e cortamos gastos para adequar a despesa ao tamanho da arrecadação real do município, agindo com responsabilidade e cumprindo compromissos assumidos com a população, de reorganizar o sistema e apresentar um novo planejamento, com metas de qualidade para a educação. Como ainda estamos saneando as finanças da cidade, temos que trabalhar priorizando as demandas”,  informa o gestor da Unidade Educação, José Antonio Parimoschi.

 

De acordo com ele, neste segundo semestre, outro foco prioritário é a área pedagógica, com vistas na melhoria da qualidade do ensino ofertado. Além de prosseguir com os estudos para a implementação do projeto pedagógico e da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), documento que vai estabelecer os conteúdos essenciais e competências que as crianças e adolescentes deverão desenvolver na educação básica em todas as escolas do país, a equipe de gestão da pasta montará o Fórum de Educação, o qual vai avaliar e revisar as metas e estratégias do Plano Municipal de Educação.

 

O município também deve se preparar para a aplicação da prova do Saresp (Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo), que tem a finalidade de produzir um diagnóstico da situação da escolaridade básica paulista e orientar as cidades no monitoramento das políticas voltadas para a melhoria da qualidade educacional. Nos últimos dois anos – 2015 e 2016 – o Sistema Municipal de Ensino não participou. Ao todo, serão avaliados 7.825 alunos do Ensino Fundamental, nas áreas de Língua Portuguesa e Matemática.

 

“Em paralelo, estamos planejando os investimentos na capacitação permanente dos nossos profissionais, mantendo o diálogo sempre aberto com quem atua na ponta da Educação”, acrescenta Parimoschi.

 

O Sistema Municipal de Ensino conta com 112 unidades escolares e mais de 30 mil alunos.

Enquetes
Diante das acusações, Michel Temer ficará na Presidência até o fim do mandato?
Fale conosco
Itupeva - Sp - Brasil
Contato comercial: Herikson Almeida
Telefone 11 9.9674-9857 - 11 9.4866-5716
Email: contato@gazetadeitupeva.com.br
Contato redação:
Email: redacao@gazetadeitupeva.com.br
Formulário de Contato
Copyright © 2013. Portal de Notícias Gazeta de Itupeva.
Todos os Direitos Reservados
Programador PHP