Jundiaí - Terça-Feira, 21 de Agosto de 2018 - Hora:09:28

DAE realiza ação preventiva contra carrapatos no Parque da Cidade em Jundiaí

 

A DAE e a Prefeitura de Jundiaí, seguindo orientação da Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ), estão realizando uma ação preventiva com relação aos carrapatos no Parque da Cidade. A iniciativa envolve medidas de manutenção do espaço e a distribuição de um folder para os visitantes, além do fechamento temporário do Jardim Japonês.

 

Entre maio e outubro, em função do período de estiagem, há uma maior presença de carrapatos provenientes das capivaras, por isso, é necessário tomar cuidados como não andar em áreas proibidas e sinalizadas, não deitar na grama e nem se aproximar dos animais.

 

O trabalho teve início com o corte do mato no Parque. A grama próximo à represa, tanto na área mais próxima à água quanto internamente, junto à ciclovia, está bem aparada, ação que é contínua no Parque. “Também realizamos manutenções na cerca que envolve a represa, buscando evitar que a capivara – animal que pode transportar o carrapato – avance para dentro do Parque”, explica o assessor Júlio Lamarca.

 

No folder, além dos cuidados, há informações sobre a necessidade de procurar atendimento médico em caso de febre, dores de cabeça ou musculares e manchas vermelhas pelo corpo. “Os vigilantes do Parque da Cidade também têm conversado com a população, solicitando que evitem se aproximar da represa ou fazer piqueniques na grama”, acrescenta.

 

A Zoonoses ainda orienta que os visitantes do Parque façam o autoexame, enquanto estiverem no local e na saída. Caso algum carrapato seja encontrado, é necessário torcê-lo de duas a três vezes para retirar, antes de puxar. Uma pinça também pode ajudar.

 

Jardim Japonês

O fechamento temporário do Jardim Japonês ocorreu após uma pesquisa acarológica realizada pela equipe da Zoonoses em todo o Parque da Cidade. O estudo apontou uma maior concentração de carrapatos no Jardim Japonês, por isso, como ação preventiva, o local foi temporariamente fechado.

 

“É importante salientar que não houve nenhum caso suspeito de febre maculosa por contaminação no Parque da Cidade. O trabalho tem sido eficiente para que a população faça a prevenção”, avalia o gerente da Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ), Carlos Ozahata. O Jardim Japonês segue em constante monitoramento pela Zoonoses, até que possa haver sua liberação definitiva.

 

     

Enquetes
Fale conosco
Itupeva - Sp - Brasil
Contato comercial: Herikson Almeida
Telefone 11 9.9674-9857 - 11 9.4866-5716
Email: contato@gazetadeitupeva.com.br
Contato redação:
Email: redacao@gazetadeitupeva.com.br
Formulário de Contato
Copyright © 2013. Portal de Notícias Gazeta de Itupeva.
Todos os Direitos Reservados
Programador PHP