Jundiaí - Quinta-Feira, 16 de Fevereiro de 2017 - Hora:08:46

Jundiaí: Saúde intensifica campanha de combate à tuberculose nas UBSs e hospitais

Em referência ao Dia Mundial do Combate à Tuberculose, em 24 de Março, a Unidade de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, intensifica em forma de campanha de 3 a 20 de Março a busca ativa e identificação de possíveis pacientes com a doença.

As Unidades Básicas de Saúde (UBSs), que já oferecem regularmente o teste de baciloscopia (coleta de escarro), vão incentivar a realização do exame, principalmente para pacientes com tosse persistente há mais de duas semanas, tabagistas, idosos e em condições de precárias de moradia e de local de trabalho.

 

 

As Unidades Básicas de Saúde já oferecem regularmente o teste de baciloscopia

 

Para a médica da Vigilância Epidemiológica, Sandra Ervolino, o exame é bastante simples e barato. Ela enfatiza que a doença é curável e seus sintomas não devem passar despercebidos. O tratamento dura no mínimo seis meses e é feito com antibióticos. Tanto exame quanto a medicação são gratuitos.

 

“A ideia é buscar o quanto antes os pacientes para diminuir a incidência da doença na cidade”, explica Sandra. “É preciso dizer que a tuberculose não mata se tratada e a busca precoce diminui a transmissão”, enfatiza.

 

Em Jundiaí, estão comprometidos nas campanhas todas as UBSs, ambulatórios, hospitais públicos e particulares, além do Centro de Detenção provisória (CDP).

 

A doença
A tuberculose é uma doença causada por bactéria e sua forma mais frequente é a pulmonar, mas ela pode também acometer os ossos, pleura (membrana que envolve os pulmões), intestino, rins, gânglios e meninge. Sua transmissão é feita de pessoa a pessoa, quando algum doente fala, espirra ou tosse e espalha no ar as bactérias, que podem ser aspiradas por outras pessoas. Não se transmite a doença pelo contato com objetos, talheres, copos, relação sexual e beijo, por exemplo.

 

São sintomas da tuberculose: tosse persistente, febre, suor noturno, falta de apetite, perda de peso, cansaço e dor no peito. Ambientes fechados e mal ventilados facilitam a transmissão. Gripes e pneumonias não avançam para um quadro da doença, já que é necessário o contato com o bacilo (bactéria) para o contágio.

Enquetes
Fale conosco
Itupeva - Sp - Brasil
Contato comercial: Herikson Almeida
Telefone 11 9.9674-9857 - 11 9.4866-5716
Email: contato@gazetadeitupeva.com.br
Contato redação:
Email: redacao@gazetadeitupeva.com.br
Formulário de Contato
Copyright © 2013. Portal de Notícias Gazeta de Itupeva.
Todos os Direitos Reservados
Programador PHP