Jundiaí - Sexta-Feira, 30 de Novembro de 2018 - Hora:09:36

Luta contra a Aids: Jundiaí vai oferecer 500 testes rápidos

 

A 15ª edição da Campanha Fique Sabendo em Jundiaí promovida pela Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS) e Programa Municipal de IST/AIDS, por meio das equipes do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) e Unidades Básicas de Saúde (UBS), ampliará a testagem rápida para HIV e Sífilis no período de 1 a 8 de dezembro. A meta é realizar 500 testes rápidos de HIV e Sífilis, ou seja, aumento de 66% em relação à quantidade ofertada no ano passado (300), no mesmo período. A ação faz parte das atividades pelo Dia Mundial de Luta Contra a Aids, celebrado no dia 1º de dezembro. 

 

Para disponibilizar os testes, a equipe do CTA ampliará o horário de atendimento e realizará intervenções específicas. “No sábado, dia 1, além de ações educativas durante a inauguração da UPA/Clínica da Família, a equipe estará no Centro, na Praça Governador Pedro de Toledo, a partir das 11h, com intervenções artísticas, caminhada zumba e um ‘abraçasso’, com o foco na disseminação do respeito à pessoa que vive com HIV. A partir da segunda-feira, dia 3, o CTA ampliará o horário de atendimento à população (das 7h às 17h) até sexta-feira (7), para a oferta de testes rápidos para HIV e Sífilis. No dia 8, a equipe do CTA ofertará os testes no Ambulatório do Hospital São Vicente de Paulo (rua Campos Sales, 350, Centro), das 9h às 13h”, detalha a psicóloga gerente do CTA, Maria de Lurdes Munhoz.

 

No período de 2008 à Outubro/2018, Jundiaí registra 389 casos de AIDS. De 2016 a outubro de 2018 foram notificados 114 casos de HIV positivos residentes em Jundiaí (93 homens e 21 mulheres), neste mesmo período foram notificados 73 casos de AIDS (57 homens e 16 mulheres), sendo a predominância dos casos nas faixas etárias economicamente ativas ( com 256 são na faixa etária entre 20 e 40 anos. Já com relação às faixas etárias menores, entre 20 a 29 anos são 108 casos). Já sobre Sífilis, segundo dados da Vigilância Epidemiológica e SINANET, em Jundiaí, de 2016 a outubro de 2018 foram notificados 286 casos de Sífilis, 215 em homens e 71 em mulheres, sendo que, a faixa etária entre 20 a 29 anos representa 41,60% dos casos.

 

“A campanha é realizada com o objetivo de testar pessoas sexualmente ativas, principalmente as que nunca realizaram o teste de HIV e Sífilis na vida, acessar e sensibilizar as pessoas mais vulneráveis ao HIV e acompanhar todos os casos positivos até que cheguem à Unidade de Referência para tratamento”, detalha a psicóloga.

Enquetes
Fale conosco
Itupeva - Sp - Brasil
Contato comercial: Herikson Almeida
Telefone 11 9.9674-9857 - 11 9.4866-5716
Email: contato@gazetadeitupeva.com.br
Contato redação:
Email: redacao@gazetadeitupeva.com.br
Formulário de Contato
Copyright © 2013. Portal de Notícias Gazeta de Itupeva.
Todos os Direitos Reservados
Programador PHP