Publicidade
Vinhedo - Quinta-Feira, 27 de Abril de 2017 - Hora:07:29

Taxa de mortalidade infantil em Vinhedo é uma das menores já registradas

Recentemente, a Santa Casa de Vinhedo colocou em funcionamento a sua Unidade Neonatal, um local específico e adequado para cuidar dos bebês recém-nascidos que necessitam de cuidados especializados de baixa e média complexidade, como os prematuros, que nasceram antes dos nove meses de gestação, apresentam baixo peso ou algum tipo de problema ao nascer

 

Uma das prioridades da atual administração municipal têm sido a área da Saúde, conforme determinado pelo prefeito Jaime Cruz, e os frutos dos investimentos realizados nos últimos anos já estão sendo colhidos. Segundo levantamento realizado pela Secretaria de Saúde, em 2016 o município apresentou a menor taxa de mortalidade infantil nos últimos três anos.

 

Os dados constam no SIM – Sistema de Informações sobre Mortalidade, do Ministério da Saúde. A OMS – Organização Mundial de Saúde – estabelece como parâmetro números abaixo de 10, a cada mil nascidos vivos.

 

“A Prefeitura de Vinhedo desenvolve diversos programas com a finalidade de trazer a saúde para perto do cidadão e dar ao profissional da Rede Municipal de Saúde a especialização necessária para que ele possa exercer seu trabalho com mais qualidade”, comentou o prefeito Jaime Cruz.

 

A taxa de mortalidade em Vinhedo recuou de 9,5 óbitos infantis por mil nascidos vivos em 2015 para 7,6 em 2016, representando uma queda de 20%. Comparado com 2014, a redução foi ainda maior, 27,6%. A média de mortalidade registrada na RMC – Região Metropolitana de Campinas – foi no ano passado, segundo o estudo, foi de 9,1 por mil nascidos vivos.

 

Nos últimos anos, a Prefeitura tem desenvolvido programas voltados à prevenção de doenças e facilitado o acesso da população aos serviços oferecidos na Rede Municipal de Saúde.

 

As ações são em todas as áreas, desde atenção básica aos atendimentos especializados, exames e procedimentos de alta complexidade, nas mais diferentes áreas para atender a população de todas as faixas etárias, com acompanhamentos, dicas e exames preventivos com foco na qualidade de vida e saúde. Os avanços também são resultado dos investimentos realizados para a reabertura da Nova Santa Casa.

 

Em Vinhedo, a linha de cuidados engloba atenção à saúde do bebê, antes mesmo do nascimento. A Prefeitura oferece uma rede de serviços para garantir, desde a gestação, um crescimento saudável das crianças.

 

Os serviços são oferecidos durante o ciclo de gestação, com consultas de pré-natal (no mínimo sete com ginecologista e uma consulta com pediatra no último trimestre da gravidez para a futura mamãe já receber orientação sobre cuidados), no momento do parto até o acompanhamento do bebê após o nascimento. Na Rede Municipal de Saúde as gestantes também realizam três exames de ultrassom, sendo dois obstétricos e um morfológico, durante gravidez, para acompanhar a saúde do feto e da mãe.

 

A Secretaria de Saúde também promove os grupos de gestantes, onde as mulheres podem tirar suas dúvidas sobre gestação, parto e cuidados com o bebê. Nos encontros são feitas rodas de conversas e palestras com equipes multidisciplinares. Para participar basta fazer a inscrição em alguma das unidades, no CASM – Centro de Atenção à Saúde da Mulher e na Unidade Básica de Saúde da Vila Planalto.

 

Puérperas (mulheres que deram a luz recentemente) e bebês também recebem atenção especial na Rede Municipal de Saúde de Vinhedo, por meio do programa Mamãe e Bebê, que consiste no acompanhamento da mamãe e do bebê desde os primeiros dias após o nascimento. O trabalho é executado por uma enfermeira e uma técnica de enfermagem da Secretaria de Saúde, que fazem a classificação de risco e orientam as mães sobre a amamentação, logo após o parto, na Santa Casa. No próprio hospital o bebê realiza os testes necessários (pezinho, coraçãozinho, orelhinha, olhinho) e já recebem vacinas de acordo com o Calendário Nacional de Vacinação para a faixa etária. Mais do que isso, tanto a criança como a mãe já saem com a consulta agendada com o pediatra e o ginecologista, respectivamente. O programa prevê a visita e acompanhamento domiciliar, de mãe e filho, até um ano de idade.

 

Em Vinhedo, crianças com problemas respiratórias recebem atendimento especializado na Rede Municipal de Saúde de Vinhedo. O serviço funciona no ambulatório de pneumologia pediátrico, no Centro Médico do Jardim São Matheus. O objetivo do serviço é reduzir o número de internações e tratar crianças e adolescentes com asma, refluxo gastresofágico (uma das causas de crises de broncoespasmo), lactentes chiadores, com pneumonias de repetição ou que passaram por internação recente por problemas respiratórios. No ambulatório são atendidas crianças e adolescentes encaminhadas por pediatras da Rede para dar início ao tratamento especializado.

 

A Rede Municipal de Saúde também oferece atendimento a bebês pré-maturos e que apresentaram complicações após o parto, no ambulatório de recém-nascido de alto risco. O serviço também funciona no Centro Médico do Jardim São Matheus e presta atendimento a crianças encaminhadas pelo Programa Mamãe e Bebê da Prefeitura.

 

Também precisam ser destacadas as ações de vigilância em saúde que garantem uma ampla cobertura durante as campanhas de vacinação para prevenir contra doenças e manter a saúde das crianças.

 

Além de oferecer atendimento ginecológico em todas as Unidades de Saúde de Vinhedo, a Rede Municipal de Saúde também disponibiliza atendimento com pediatras nas sete unidades (Centro Médico do Jardim São Matheus, Policlínica da Capela, nas Unidades Básicas de Saúde dos bairros Casa Verde, Vila João XXIII, Vila Planalto, Três irmãos e Von Zuben).

 

Cerca de 2 mil crianças e adolescentes, de zero a menores 14 anos, são atendidas mensalmente pelos pediatras da Rede Municipal de Saúde.

 

O secretário de Saúde, Alexandre Viola, que é médico ginecologista e obstétrico, destaca a importância do trabalho desenvolvido pela Rede Municipal de Saúde, desde a gestação, para garantia de uma infância saudável às crianças de Vinhedo. “A redução gradativa do índice de mortalidade infantil em Vinhedo é um objetivo perseguido de forma constante. Os dados mostram que o trabalho desenvolvido pela Secretaria de Saúde, com programas realizados com gestantes e recém-nascidos, está sendo positivo e fundamental para a queda na taxa de mortalidade infantil e para a melhoria dos cuidados da assistência às mães e aos bebês no pré-natal, no parto e nos primeiros momentos após o parto”, declarou o secretário.

 

Santa Casa

Recentemente, a Santa Casa de Vinhedo colocou em funcionamento a sua Unidade Neonatal, um local específico e adequado para cuidar dos bebês recém-nascidos que necessitam de cuidados especializados de baixa e média complexidade, como os prematuros, que nasceram antes dos nove meses de gestação, apresentam baixo peso ou algum tipo de problema ao nascer.

 

A Unidade Neonatal atende pacientes do SUS – Sistema Único de Saúde, planos de saúde e particulares, em um ambiente seguro na ala da Maternidade do hospital (onde funcionava o antigo berçário). Conta com equipamentos necessários e uma equipe profissional capacitada na especialidade neonatalogia, formada por médicos pediatras, enfermeiros e técnicos em enfermagem.

 

Antigamente, os bebês que nasciam na Santa Casa de Vinhedo e necessitavam de atendimento especial e diferenciado após o parto, de média e baixa complexidade, precisavam ser transferidos para hospitais da região. Com o funcionamento da Unidade Neonatal, a Santa Casa passou a ter condições plenas de atender os pacientes prematuros, onde pais e familiares podem acompanhar, no próprio município, o desenvolvimento do bebê.

 

São quatro vagas destinadas na Unidade Neonatal aos recém-nascidos, com idade entre zero a 28 dias de vida. Depois deste período, os bebês passam a ser atendidos nos serviços da categoria infantil. Para o secretário de Saúde de Vinhedo, a participação da família no acompanhamento do bebê na Unidade Neonatal é fundamental para o seu desenvolvimento.

 

Inauguração da Nova Santa Casa

Após longo período fechada para atendimento à população (inclusive cirurgias, internações em UTI e a ala da Maternidade), a Nova Santa Casa de Vinhedo foi reaberta no dia 2 de abril de 2016, após investimentos realizados pela Prefeitura com obras de ampliação e aquisição de novos equipamentos.

 

Um novo Centro Cirúrgico foi construído, em novo local, possibilitando ampliação de 3 para 5 no número de salas  utilizadas para cirurgias, incluindo  salas de Centro Cirúrgico, sala de parto e sala de recuperação pós-anestésico.

 

Na UTI, com a reforma, o número de salas passou de 6 para 11, somente com otimização das instalações e readequação de espaço físico.

 

Na ala da Maternidade, a reforma nos quartos proporcionou mais conforto às mães e recém-nascidos. São nove quartos, com 14 leitos no total, sendo que não há diferenciação de quartos para atendimentos de convênios e SUS – Sistema Único de Saúde.

 

A Santa Casa também ampliou o número de leitos no hospital e colocou em funcionamento a sua Nova Central de Materiais Esterilizados. O setor está localizado próximo ao Centro Cirúrgico e UTI – Unidade de Terapia Intensiva e é utilizado para esterilizar os materiais usados no atendimento clínico e no centro cirúrgico.

 

Neste ano a Santa Casa de Vinhedo também colocou em funcionamento seu novo Centro de Imagens. No local existem cinco salas específicas para realização de exames de tomografia, ultrassom, raio x, além de recepção, sala de espera e banheiros. O novo Centro de Imagens atende pacientes particulares, por meio de convênios médicos e pelo SUS, encaminhados pela Secretaria de Saúde da Prefeitura.

Enquetes
Diante das acusações, Michel Temer ficará na Presidência até o fim do mandato?
Fale conosco
Itupeva - Sp - Brasil
Contato comercial: Herikson Almeida
Telefone 11 9.9674-9857 - 11 9.4866-5716
Email: contato@gazetadeitupeva.com.br
Contato redação:
Email: redacao@gazetadeitupeva.com.br
Formulário de Contato
Copyright © 2013. Portal de Notícias Gazeta de Itupeva.
Todos os Direitos Reservados
Programador PHP