Cabreúva - Terça-Feira, 05 de Maio de 2015 - Hora:13:58

UBS do Novo Bonfim cuida de perto de mais de 800 hipertensos e diabéticos

As técnicas em enfermagem da Unidade de Saúde Milena Ciola, do Novo Bonfim, instauraram um programa de acompanhamento de mais de oitocentos pacientes hipertensos e/ou diabéticos.

Marlene Brito, uma das técnicas, conta que há um ano os pacientes não tinham frequência correta para aferirem pressão ou glicemia. "Eles vinham quando queriam, não tinham rotina nem e, normalmente, só os pacientes com quadros mais controlados é que vinham com frequência. Os que tinham maior necessidade acabavam não aparecendo na unidade de saúde, então passavam mal e iam para o pronto socorro", conta Marlene. Mas isso não acontece mais, porque, por iniciativa das próprias técnicas em enfermagem, agora todos os pacientes diabéticos e hipertensos são cadastrados.

Marlene conta que tudo começou com a orientação. "O paciente vem aferir a pressão, nós chamamos ele para conversar e o inserimos no programa, que consiste basicamente em um cadastro, o paciente ganha uma carteirinha, e ali fica anotado sobre os medicamentos e a pressão dele a cada dia", explica a técnica em enfermagem. José Paulo Aparecido Ferreira é um paciente novo do programa de acompanhamento, então ainda está na fase de acompanhamento diário e orientação sobre os remédios: como tomar, quanto e quando.

Segundo Marlene, o acompanhamento faz com que o médico tenha maior certeza sobre o efeito do medicamento naquele paciente, além de permitir que a equipe auxilie mais diretamente os cidadãos que não conseguem tomar os remédios sozinhos, como é o caso de dona Armelinda Marcos Soares, que é diabética e vai todos os dias até a Unidade de Saúde do Bonfim para tomar insulina. As técnicas em enfermagem orientam, conversam e aplicam o medicamento, além de verificar a glicose e anotar na ficha a evolução da paciente. "Eu não consigo aplicar a insulina sozinha, então eu venho aqui para elas me ajudarem, é muito bom poder contar com as enfermeiras", disse.

A frequência com que cada paciente vai até a unidade de saúde para o acompanhamento depende do seu quadro. Os pacientes mais teimosos, que esquecem do medicamento, por exemplo, vão todos os dias, para que as enfermeiras consigam garantir o tratamento. Aqueles que são mais regrados e apresentam melhoras tem mais tempo entre uma visita e outra.

Moradores do Novo Bonfim, Vilarejo e Caí que tenham interesse em se inscrever no programa, devem se informar na Unidade de Saúde do Novo Bonfim.

Enquetes
Fale conosco
Itupeva - Sp - Brasil
Contato comercial: Herikson Almeida
Telefone 11 9.9674-9857 - 11 9.4866-5716
Email: contato@gazetadeitupeva.com.br
Contato redação:
Email: redacao@gazetadeitupeva.com.br
Formulário de Contato
Copyright © 2019. Portal de Notícias Gazeta de Itupeva.
Todos os Direitos Reservados
Programador PHP