Vinhedo - Segunda-Feira, 05 de Outubro de 2015 - Hora:13:54

Vinhedo: Vereador Rodrigo Paixão anuncia filiação à Rede Sustentabilidade e pré-candidatura à Prefeitura

O parlamentar acredita que a Rede abre novos caminhos para a política brasileira

O vereador Rodrigo Paixão anunciou no final de semana sua filiação à Rede Sustentabilidade, que tem entre os fundadores a ex-senadora Marina Silva.

 

Há 10 anos, o parlamentar foi membro fundador do PSOL (Partido Socialismo e Liberdade) em Vinhedo e desde então, dedicou-se incansavelmente as causas políticas na cidade, sendo a principal voz da oposição.

 

“Entendo que Rodrigo é uma das grandes lideranças da região”, disse Alexandre Zeitune, porta voz da Rede do Estado de São Paulo.

 

O parlamentar é o pré-candidato da Rede para concorrer ao cargo de prefeito da cidade. Em 2012, na corrida para uma cadeira no legislativo, Rodrigo Paixão ficou entre os quatro vereadores mais votados.

 

O parlamentar, ativo em suas funções no Poder Legislativo está em seu primeiro mandato como vereador e é conhecido por sua constante fiscalização ao governo municipal.

 

“Sou muito grato aos militantes do PSOL, mas a decisão e seguir na Rede é orientada pela necessidade de construirmos mais espaços de atuação e militância, que ajudem a responder a complexa conjuntura política que vivenciamos, em Vinhedo e no Brasil. Vou lutam pela nova política e pela construção de uma sociedade mais justa e solidária “ relata o vereador.

 

Atuações

Em 2013, Rodrigo Paixão foi Relator e um dos vereadores que ajudou a desmontar o esquema de superfaturamento da Merenda Escolar em Vinhedo, conhecido nacionalmente, com preços até 600% acima do mercado.

 

Foi Presidente da CPI da Saúde em 2014, onde apurou várias irregularidades na saúde pública e na Santa Casa de Vinhedo, apontando diversas propostas de políticas públicas e indicando ao governo municipal a reabertura do único hospital da cidade.

 

No final de 2014 foi escolhido como Presidente da Comissão de Assuntos Relevantes sobre a Crise Hídrica que se abateu sobre a cidade. Até o momento foi comprovado a falta de planejamento por parte do governo municipal, com a falta de investimentos para amenizar os problemas da população que ficou sem água durante vários dias em novembro/2014.  O relatório parcial já apontou diversas medidas que foram encaminhadas à Prefeitura e ao Ministério Público.

 

Já em 2015, Rodrigo Paixão encabeçou a resistência aos Projetos de Lei Complementar 03/15 e 04/15 que criavam dezenas de cargos de confiança na Prefeitura. Foi identificado um alto número de funcionários comissionados nos órgãos públicos da cidade, e os dois projetos foram rejeitados.

 

O Projeto de Decreto Legislativo 03/15 que convoca um plebiscito para decidir sobre a criação do Distrito da Capela, também foi de autoria do vereador Rodrigo Paixão. O projeto aguarda a aprovação da Câmara, mas já tem o apoio de 8 parlamentares da Casa das Leis.

 

Sobre Rodrigo Paixão

Natural de São Bernardo do Campo, Rodrigo Paixão é professor, cientista político e especialista em Gestão Pública, contribuindo com seus conhecimentos preparando conteúdos para serem ministrados nas faculdades da Região.

 

Trabalha também com Assessoria e atua como comentarista de TV’s e Rádios.

 

Rodrigo Paixão, começou trabalhar ainda criança, já foi garçom, vendedor, atendente, servente, assistente de marceneiro, operário, engraxate, auxiliar de escritório, etc.

 

De janeiro de 2005 a dezembro de 2008 foi Suplente de vereador na cidade de Vinhedo e candidato a Prefeito de Vinhedo nas eleições municipais de 2008. Membro da Coordenação da Campanha Eleições Limpas, de agosto de 2011 a fevereiro de 2013, movimento que após denúncia feita pelo Ministério Público sobre a fraude de aproximadamente 10% dos títulos em Vinhedo, mobilizou setores organizados da sociedade para que o TRE tomasse providências. No início de 2012, apurou-se que a denúncia era verdadeira, uma parte dos títulos de uma amostragem foi cancelada.

 

Além das Redes Sociais, o vereador mantém um blog: rodrigopaixao.net  - onde escreve sobre diversos assuntos políticos que envolvem a cidade de Vinhedo e o país.

 

Criação da Rede

Em 2013 os fundadores da Rede Sustentabilidade tentaram obter o registro do partido, mas tiveram o pedido negado. Marina Silva não conseguiu provar que tinha o número necessário de assinaturas para criação da Rede.

 

A ex-ministra e ex-senadora a convite de Eduardo Campos disputou a eleição presidencial de 2014 filiada ao PSB e integrou, como vice, a chapa encabeçada pelo ex-governador. Marina, tornou-se candidata à presidência após a morte de Campos em um acidente aéreo e obteve 22,1 milhões de votos.

 

Em 2013, a Rede havia apresentado assinaturas de 442 mil eleitores validadas pelos cartórios eleitorais, mas a lei exigia 492 mil. Em maio deste ano, Marina apresentou outras 56,1 mil assinaturas, somando apoio de 498 mil eleitores, acima do exigido atualmente (486,6 mil eleitores).

 

No dia 22 de setembro, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) aprovou por unanimidade a concessão do registro à Rede Sustentabilidade. Desde o anúncio da criação da Rede, vários políticos conhecido já anunciaram suas filiações ao partido: O senador Randolfe Rodrigues (ex-PSOL), os deputados Miro Teixeira (ex-PROS/RJ), Alessandro Molon (ex-PT/RJ), a ex-senadora Heloísa Helena, vereadora em Maceió (ex-PSOL), entre outros.

Enquetes
Fale conosco
Itupeva - Sp - Brasil
Contato comercial: Herikson Almeida
Telefone 11 9.9674-9857 - 11 9.4866-5716
Email: contato@gazetadeitupeva.com.br
Contato redação:
Email: redacao@gazetadeitupeva.com.br
Formulário de Contato
Copyright © 2019. Portal de Notícias Gazeta de Itupeva.
Todos os Direitos Reservados
Programador PHP