Jundiaí - Quarta-Feira, 20 de Setembro de 2017 - Hora:08:38

Defesa Civil de Jundiaí oferece serviço de apoio nas ocorrências de queimadas

 

Um dos serviços oferecidos pela Coordenadoria de Defesa Civil de Jundiaí trata do monitoramento e apoio ao combate a focos de incêndios em coberturas vegetais. Principalmente neste período da Operação Estiagem, que se iniciou em 1° de maio e se estende até o final deste mês, o número de ocorrências desse tipo se eleva bastante, provocando o acionamento do órgão com grande frequência.

 

De acordo com o coronel-PM Mauro Minoro Takara, coordenador da Defesa Civil de Jundiaí, a competência do combate ao fogo é do Corpo de Bombeiros. No entanto, o órgão militar estadual recebe apoio de várias unidades municipais de gestão da Prefeitura de Jundiaí, em especial da Defesa Civil.

 

“A Defesa Civil apoia os trabalhos de combate a incêndio, vistoria o imóvel ou a vegetação incendiada, realiza o isolamento da área, promove a evacuação de pessoas das edificações vizinhas, se necessário etc.”, explicou o coronel.

 

O coordenador explicou também que é a Defesa Civil a responsável pelo acionamento de outros órgãos para atuações nessas ocorrências. “Dependendo da natureza do incêndio e suas proporções, em determinadas ocorrências também acionamos outras Unidades de Gestão da Prefeitura, que compõem a Força-Tarefa instituída pelo prefeito Luiz Fernando Machado, logo no início de seu mandato. É nesse expediente que requisitamos máquinas, equipamentos, caminhão-pipa e mão de obra bruta ou especializada, para a intensificação do apoio às ações do Corpo de Bombeiros”, disse Minoro.

 

E, buscando a agilização das ações de combate e apoio às ocorrências de incêndio o coronel Minoro informa que qualquer munícipe pode solicitar esses serviços, bastando ligar, primeiro, no telefone 193 (Corpo de Bombeiros) e, em seguida, no 199 (Defesa Civil).

 

Estiagem


Jundiaí está há 29 dias sem receber chuvas – a última foi em 21 de agosto. Própria desta época do ano, a estiagem exige ações em todos os municípios do país.

 

Em maio, por exemplo, representantes de 53 cidades do estado de São Paulo – incluindo Jundiaí – se reuniram em Mogi Guaçu para participarem da Oficina Preparatória para a Operação Estiagem 2017.

 

No mesmo mês, a Defesa Civil e a Divisão Florestal da Guarda Municipal de Jundiaí se juntaram, em Itupeva, ao 1° Subgrupamento de Bombeiros do 19° GB de Jundiaí, às coordenadorias de Defesa Civil de Louveira, Várzea Paulista, Campo Limpo Paulista, Cabreúva e Valinhos, além das concessionárias CCR-Autoban, Rota das Bandeiras e Colinas, para treinamento específico também das ações da Operação Estiagem 2017.

 

Outro evento para capacitação dos vários órgãos públicos se deu em junho passado, quando oficiais e praças do Corpo de Bombeiros e representantes da Rede Integrada de Emergência (Rinem) ministraram treinamento para integrantes do 12° GAC e alguns representantes de coordenadorias de Defesa Civil do Aglomerado Urbano de Jundiaí (AUJ).

 

Recomendações


O coronel Minoro também cita alguns dados em nível nacional sobre incêndios em coberturas vegetais e faz recomendações à população. “Mais de 99% dos incêndios florestais do país têm início com ações humanas. E dentre essas ações estão as propositais ou aquelas por algum descuido. O 1% restante fica por conta das causas naturais, a maior delas, os raios”, disse o coordenador, acrescentando que o comportamento da população é fundamental para a prevenção dessas ocorrências, como não realizar queimadas para limpeza de quintais, não jogar bitucas de cigarros nas margens de rodovias, não queimar lixo doméstico, não soltar balões, entre outros.

Enquetes
Fale conosco
Itupeva - Sp - Brasil
Contato comercial: Herikson Almeida
Telefone 11 9.9674-9857 - 11 9.4866-5716
Email: contato@gazetadeitupeva.com.br
Contato redação:
Email: redacao@gazetadeitupeva.com.br
Formulário de Contato
Copyright © 2013. Portal de Notícias Gazeta de Itupeva.
Todos os Direitos Reservados
Programador PHP