Itupeva - Sexta-Feira, 01 de Julho de 2016 - Hora:11:52

Escola Técnica : Bate papo com o engenheiro Bruno Gonçales

Gazeta: Olá Bruno, poderia descrever rapidamente sobre sua formação e carreira?


Bruno: Primeiramente gostaria de agradecer o convite, muito bem vamos lá, sou engenheiro elétrico pela Escola de Engenharia Mauá, com MBA pelo Senac, Certificação Internacional de Gerenciamento de Projetos(PMP) e técnico eletrônico pela ETE Lauro Gomes.


Atuei por 17 anos em grandes empresas como Embratel, AT&T, Telmex, Unibanco e Itaú e hoje tenho meu próprio negócio.


Gazeta: Bruno, o que você pode relatar sobre escola técnica e o quão importante ela é na formação dos jovens?


Bruno: Acredito que a escola técnica seja de extrema importância para a cidade, pois além de formar tecnicamente nossos jovens ela facilita as empresas da cidade e região na busca de mão de obra qualificada.
Eu tive a oportunidade de cursar uma Escola Técnica Estadual, o que abriu as portas para o meu primeiro emprego como técnico em eletrônica.  Os jovens da nossa cidade precisam ter a oportunidade de se qualificarem tecnicamente no ensino médio, aumentando a chance de conquistarem uma vaga de emprego, por isso é importante se ter uma Escola Técnica em Itupeva.

 

Gazeta: Você acha que se tivéssemos uma escola técnica em Itupeva, teríamos mais vagas de emprego para a população da cidade?


Bruno: Tenho certeza disso, pois converso com diretores de empresas da nossa região, e eles me dizem que algumas vagas de emprego não são preenchidas por não termos candidatos com as qualificações técnicas necessárias para o cargo.  Uma pena que o atual prefeito Ricardo Bocalon tenha prometido na campanha que o elegeu que faria uma Escola Técnica Federal, e não tenha realizado, me lembro de ter assistido um vídeo da campanha dele pelo PT dizendo que era um compromisso dele juntamente com o ministro da educação Mercadante e da presidente Dilma.

 


Gazeta: O que a escola técnica mudou na sua vida?


Bruno: A escola técnica teve papel fundamental, pois me propiciou meu primeiro emprego, com o qual consegui pagar minha faculdade de Engenharia, sem falar que fez a diferença quando me formei engenheiro e fui para o mercado de trabalho disputar vagas com outros candidatos que também tinham se formado em engenharia, no entanto não possuíam experiência profissional.


Gazeta: Bruno, obrigado pelos esclarecimentos aos nossos leitores.


Bruno: Eu que agradeço, precisando estou a disposição.

Enquetes
Você esta animado com a Copa do Mundo 2018?
Fale conosco
Itupeva - Sp - Brasil
Contato comercial: Herikson Almeida
Telefone 11 9.9674-9857 - 11 9.4866-5716
Email: contato@gazetadeitupeva.com.br
Contato redação:
Email: redacao@gazetadeitupeva.com.br
Formulário de Contato
Copyright © 2013. Portal de Notícias Gazeta de Itupeva.
Todos os Direitos Reservados
Programador PHP