Publicidade
Terça-Feira, 31 de Outubro de 2017 - Hora:09:57

Fiscalização para motorista que freia apenas no radar começa nesta quarta em SP

Radares vão calcular se condutor excedeu velocidade média pelo tempo que levou entre um ponto e outro. Como lei não permite multas para esse tipo de medição, motoristas serão apenas notificados.

 

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) vai começar a fiscalizar nesta quarta-feira (1º) o motorista pela velocidade média que ele leva de um ponto a outro em determinadas vias de São Paulo. A medida tem como objetivo combater o hábito que alguns condutores têm de tirar o pé do acelerador apenas quando estão perto dos radares. A nova medição não vai gerar multas por se tratar de uma ação educativa.

 

Os radares estão posicionados nas avenidas Jacu-Pêssego, 23 de Maio, Bandeirantes e na pista expressa da Marginal Tietê, sentido Castello/Ayrton Senna.

 

“O cálculo da velocidade média é feito por radares existentes nas vias. Assim que o motorista passar pelo primeiro aparelho, o horário e a velocidade são registrados pelo equipamento. Se o condutor alcançar o segundo radar mais rápido do que o tempo necessário para percorrer o trecho dentro da velocidade máxima permitida, o motorista será advertido, via correspondência”, explica o secretário municipal de Mobilidade e Transportes, Sérgio Avelleda.otoristas que forem flagrados apenas receberão uma carta notificando o excesso de velocidade. Não haverá multa nem pontos na carteira nacional de habilitação.

 

Os radares, porém, seguirão multando quem for flagrado acima da velocidade permitida.

 

A implantação desse tipo de fiscalização vinha sendo estudado desde a gestão do ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD): em 2012 houve um projeto piloto no Corredor Norte-Sul (que abrange as avenidas Washington Luís, Moreira Guimarães, Rubem Berta e 23 de Maio).

 

O estudo preliminar feito naquele ano mostrou que, a cada motorista multado por excesso de velocidade, outros sete poderiam ser autuados. "Nós queremos que as pessoas cumpram os limites de velocidade. As pessoas vão receber uma carta que não tem nenhuma consequência jurídica, mas na minha opinião vai sensibilizar a pessoa que ela se comportou de maneira inadequada", completou Avelleda.

Enquetes
Diante das acusações, Michel Temer ficará na Presidência até o fim do mandato?
Fale conosco
Itupeva - Sp - Brasil
Contato comercial: Herikson Almeida
Telefone 11 9.9674-9857 - 11 9.4866-5716
Email: contato@gazetadeitupeva.com.br
Contato redação:
Email: redacao@gazetadeitupeva.com.br
Formulário de Contato
Copyright © 2013. Portal de Notícias Gazeta de Itupeva.
Todos os Direitos Reservados
Programador PHP